quinta-feira, 31 de março de 2011

Harry Potter 7 - Parte 2

Chegou o primeiro trailer da parte 2 de HP e as Relíquias da Morte. Em tom de despedida e com alguns comentários dos bastidores.

terça-feira, 29 de março de 2011

Como Lidar com os Colegas de Trabalho

O Folgado - É aquele que faz cara de ocupado, mas passa o dia inteiro no MSN combinando festa com os amigos. Na hora das reuniões, tenta levar crédito pelo trabalho de todo mundo e irrita profundamente. Mas como o cara é parceiro de cerveja no final de semana, o povo acaba relevando. Solução: chama o cara para o trabalho. Pede ajuda, envolve a criatura nas atividades realizadas. E se não adiantar, chama o chefe.
O Fofoqueiro - Apesar de levarmos sempre a fama, os homens são igualmente (ou até mais) fofoqueiros. Em todo lugar tem aquela pessoa que gosta de comentar a vida de todo mundo, e nem sempre de uma maneira legal. A maldade destilada atinge desde o nosso desempenho no trabalho até a nossa vida pessoal. Para uma criatura assim, só há uma coisa possível a ser feita: manter distância. Muita distância. Mesmo que tenhamos muita curiosidade para saber o que está acontecendo na vida de todo mundo, a próxima vítima pode ser você.
O Reclamão - O cara passa o dia se lamentando: as pessoas são chatas, o trabalho é insuportável, a vida é uma merda. Meia hora ouvindo aquilo ali e parece que você está carregando o mundo nas costas, de tão negativa que é a sua energia. Solução: educadamente, sugira ao colega que procure uma atividade que lhe dê mais prazer. E ao chegar em casa, não esqueça de tomar um banho com sal grosso.
O Ambicioso - Esse só pensa em subir na vida. Puxa o saco dos superiores, tenta levar crédito por tudo de bom que o setor produz e não tem o menor pudor em puxar o tapete dos outros. Esse tipo é mais comum que a gente pensa. Desconfie de gente muito boazinha e simpática. Abra o olho, não compartilhe suas idéias e acredite que terá sucesso mesmo sem se submeter a esse tipo de coisa. Mas não deixe de aprender uma coisa fundamental com essa figura: a vender o seu peixe. Propaganda é a alma do negócio, em qualquer negócio.
O Palhaço - É difícil não identificar alguém que você conhece nessa categoria. Esse é a alma da festa, e a alegria do escritório. Sempre fazendo brincadeiras e animando o ambiente, ele alivia as tensões de um dia puxado no trabalho. Mas cuidado para não se contagiar com o espírito alegre do palhaço e deixar suas atividades de lado para contar piadas. Tudo tem hora.

domingo, 27 de março de 2011

7 efeitos curiosos do café no organismo

1. Café não deixa você mais alerta.
É tudo uma ilusão. Cientistas da Universidade de Bristol, na Inglaterra, dizem que, se a gente faz do cafezinho um hábito, logo desenvolvemos tolerância ao efeito estimulante da cafeína. “Mas eu tomo café e me sinto diferente. E aí?”. Bem, segundo os caras, o fluxo de energia que você sente é apenas reflexo dos sintomas da abstinência de cafeína (que causa, veja só, fadiga) indo embora. Ou seja: você está mal.
2. Café favorece a performance feminina. Mas prejudica a masculina.
Outro estudo da Universidade de Bristol analisou a performance de homens e mulheres em atividades como testes de memória após dar a eles café normal ou descafeinado. E constatou que, munidas de cafeína na corrente sanguínea, as mulheres lidam melhor com situações estressantes e trabalham melhor em grupo. Mas os homens não. Neles, o café diminui a velocidade de raciocínio e aumenta a agressividade.
3. Café faz os seios diminuirem de tamanho.
A cafeína mexe com os níveis de estrogênio da mulher, o que pode fazer com que os seios encolham “significativamente”. Três xícaras de café por dia já são o suficiente para o efeito ser notado. A conclusão é de pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia. E essa nem é a parte mais estranha da história. Nos homens, o efeito é oposto: agindo com a testosterona, o consumo frequente de cafeína pode aumentar a região mamária masculina – e deixar os moços com “peitinhos”.
4. Café faz você ter alucinações.
Sim, ele dá barato. Mas, provavelmente (a gente nunca testou) é um barato não muito legal. Participantes de uma pesquisa da Universidade de Durham, no Reino Unido, começaram a ouvir vozes depois de tomar sete copinhos de café em um só dia. Os cientistas supõem que as alucinações sejam causadas pelo aumento nos níveis de cortisol, o hormônio do estresse, que o excesso de cafeína provoca.
5. Café previne o mau hálito.
Sabe aquele bafo de café que você sente quando o seu colega de trabalho chega para falar mais de pertinho? Não é bacana. Mas, a longo prazo, pode valer a pena. Uma pesquisa israelense, da Universidade de Tel Aviv, descobriu que certos elementos na composição do café bloqueiam o desenvolvimento das bactérias responsáveis pelo mau hálito. Agora eles estão querendo isolar esses componentes e produzir chicletes, pirulitos e outras coisas para previnir a halitose.
6. Café faz bem para o coração (mas só para o de quem está acostumado a beber café).
Se você toma café demais, seu coração dispara. Já percebeu? Mas isso não quer dizer que a cafeína seja, necessariamente, ruim para ele. Aliás, se você não está acostumado a beber café, quer sim. Estudos das universidades de Washington e Harvard, nos EUA, dizem que quem bebe apenas uma xícara por dia ou menos do que isso tem quatro vezes mais chances de ter um enfarto – em geral, na primeira hora após o consumo da bebida. Condiz com o resultado de uma outra pesquisa norte-americana, que aponta um risco 18% menor de problemas cardíacos em quem toma quatro ou mais xícaras de café por dia.
7. Café facilita a sua vida na academia.
Tomar um copinho antes de se jogar na malhação, além de dar uma energia extra, diminui a dor causada pelos exercícios e facilita a sua busca pelo corpão perfeito. É o que diz um estudo da Universidade de Illinois, nos EUA. E, dessa vez, não importa se você tem o hábito de beber café ou não. Segundo os pesquisadores, a cafeína age diretamente sobre partes do cérebro e da medula espinhal envolvidas no processamento da dor, seja você um coffee junkie ou não. Olha aí: dá quase para dizer que café emagrece.

sábado, 26 de março de 2011

Betty Boop na vida real

Nunca consegui imaginar como seria a Betty Boop na vida real. Agora já consigo ter uma idéia.

Onde eu vi

sexta-feira, 25 de março de 2011

As 6 piores desculpas para chegar atrasado


Sempre me achei um chato, com relação a horário. Lendo a matéria abaixo, percebi que não estou tão errado assim, tanto que transcrevi na íntegra, aqui para o blog. Se quiser ler o original acesse aqui.
1. “Eu me atrasei por causa do ônibus”
Essa é a desculpa típica de moradores de grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, devido aos problemas com transportes públicos e com o engarrafamentos de automóveis.
Segundo a consultora Sofia Rossi, o argumento não é válido se o profissional pode se planejar antes de vir ao trabalho. Para Susi Obal, há  perdão para quem é pontual e atrasou uma ou duas vezes por imprevistos de transporte.
2. “Não consegui dormir direito”
Susi alega que o stress da cidade e os remédios para dormir podem realmente desregular o cotidiano do empregado. No entanto, se a pessoa não possui organização, a falta de horas de sono pode ser um argumento vazio  para seu próprio desleixo. Sofia defende que a pessoa vá imediatamente ao médico, para evitar problemas de atraso.
3. “Eu sabia que ia me atrasar e comprei café para vocês!”
“Quem recebe o café, até aceita com sorriso, mas entende que café não remedia atraso”, afirma a consultora Sofia. Tentar solucionar problemas de horário dessa forma pode ser interpretado como um comportamento de empregado puxa-saco. E pior: um pouco malandro.
4. “Não estou atrasado, só demorei uns minutinhos”
Para reuniões de trabalho e eventos nesse nível, há sim uma tolerância de 15 minutos depois do horário marcado. No entanto, as consultoras de etiqueta foram unânimes em dizer que qualquer atraso deve ser comunicado ao superior antes do evento.
5. “Meu cachorro morreu”
Inventar desgraças familiares ou com um bicho de estimação é outro recurso comum das pessoas atrasadas. “Gente que mata o cachorro ou sogra para o chefe tem que repensar a carreira profissional dela”, afirma Sofia.
6. “Eu tenho filhos”
Para as especialistas, a vinda de uma criança para a família deve ser recebida tanto pelo homem quanto pela mulher, o que tira a validade do argumento de muitas mães quando estão atrasadas para o trabalho. “Fui comissária de bordo da Varig e nós tínhamos apenas uma regra: Ou você chega no horário, ou não chegue. Atrasou, o avião decolou”, afirma Sofia.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Excel para Jogar

Quem disse que o Excel serve só para planilhas e contas?  Jogos clássicos como Tetris, Bejeweled, Pong e Snake funcionam direitinho nas planilhas do Excel. Baixe  os jogos aqui.

terça-feira, 22 de março de 2011

7 Métodos (Vergonhosos) de Tortura Usados até Hoje


Lendo algumas reportagens sobre a crise no Egito acabei me deparando com o artigo abaixo, sobre tortura. Incrível como a prática é ainda usada em diversos países inclusive no Brasil. Se quiser ler no original clique aqui.

"Em pelo menos 111 países, inclusive no Brasil, pessoas foram torturadas durante algum tipo de interrogatório em 2009, segundo relatório anual de 2010 da Anistia Internacional. Nações desenvolvidas, como EUA, Alemanha e Reino Unido, também entram nesta lista vergonhosa sob o pretexto de luta contra o terrorismo. Veja sete métodos comuns de tortura usados atualmente
Espancamento
Sem necessidade de instrumentos, é das formas de tortura mais comuns. O pior é que muitas vezes é até incentivado pela população que pede “vingança” contra algum bandido (isso quando não faz com as próprias mãos). O contratempo para o torturador são as marcas físicas evidentes que deixa, expondo a qualquer um a violência cometida. Podem ser socos, pontapés, tapas, etc. A falanga, por exemplo, é a batida repetida nos pés ou nas mãos que pode fazer a pessoa até perder a sensibilidade na região. O  relatório de 2010 da Anistia Internacional aponta que a prática ainda é utilizada em países como Brasil, África do Sul, Alemanha, Angola, Arábia Saudita,  China, Iraque, México, Síria e Irã.

Privação de sono
Música alta, barulho ou simplesmente perturbação constante. Vale tudo para não deixar o preso dormir por horas e horas. A ideia é esperar que a privação do sono leve a pessoa a uma confusão mental tão grande que acabe revelando informações. Isso quando não o faz ainda em consciência por não resistir mais ao esgotamento. O método ainda é utilizado em países como EUA, Arábia Saudita, Alemanha, China, Israel e Palestina, segundo o relátorio da Anisitia Internacional.

Choques elétricos
Não é coisa apenas de regimes ditatoriais, é uma prática usada ainda nos dias de hoje principalmente por deixar poucas evidências físicas. Segundo a Anistia Internacional, empresas até europeias fabricam uma espécie de algema de eletrochoque que dá descargas de até 50.000 volts para ser usada em interrogatórios, entre outros instrumentos do tipo. Os choques elétricos ainda são comuns em países como África do Sul, Rússia, Arábia Saudita, Egito, EUA, Iraque e Síria.

Pendurar pelos membros
Método ainda comumemente empregado na Turquia, EUA, Arábia Saudita, China e  Iraque, além de deixar a pessoa transtornada, a suspensão prolongada das vítimas pelos tornozelos ou pulsos pode causar danos permanentes como paralisia dos membros. Foi um dos métodos dos quais soldados americanos foram acusados de aplicar a presos no Iraque. Coincidência ou não, foi também muito usado no Vietnã contra militares dos EUA.

Estupro
Não apenas a violência pela simples violência, o estupro de familiares da vítima ou dela mesma é mais um meio de coerção para se conseguir informações. A violação sexual de homens e mulheres é ainda mais comum em regiões de conflito e foi considerado crime de guerra durante os confrontos nos Bálcãs e em Ruanda na década de 90, entre outros. O estupro é um métodos de tortura ainda empregado em países como Bolívia, Egito, Haiti, Indonésia, Irã, México, Congo, Guatemala e El Salvador.

Execução simulada
Consiste em aterrorizar a vítima com a ideia de que ela será morta. Em geral, com olhos vendados ou não, o preso tem uma arma colocada em sua cabeça ou boca e disparada sem munição. O barulho do gatilho é suficiente para levar a uma situação de limite de estresse. A técnica é usada ainda para simular execução de familiares e fazer a vítima acreditar que outros pagarão por seus “erros”. O relatório da Anistia Internacional aponta que a execução simulada ainda é prática comum nos EUA e Irã.

Asfixia
Assim como o choque elétrico, é comum pela ausência de vestígios depois. Ainda praticado na África do Sul, EUA e França, a asfixia pode ser provocada com saco plástico na cabeça ou com rápidos afogamentos  em toneis de água. Como a sufocação é uma das piores sensações físicas, tende a enfraquecer a vítima e a deixá-la atordoada.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Aproveite todos os benefícios do caju


O caju não é apenas uma fruta doce, que pode ser consumida depois das refeições ou tomar o seu líquido através do suco que produz. Aproveite os benefícios do caju, conhecendo sua composição e possibilidades de novos sabores. O caju é rico em vitamina A, B1, B2, B3, Vitamina C e alguns minerais, como o cálcio, ferro, fósforo, fibras e aminoácidos. A polpa do caju é indicada em casos de problemas reumáticos e de pele. Funciona como depurativo e tônico.

A casca da castanha do caju produz óleo com cheiro forte (resina). Atente-se ao manuseio do óleo, ele é bastante corrosivo. O caju amarelo é o mais rico de todos. Seu teor de vitamina C é de, aproximadamente, 220mg, e o vermelho, 212mg. O suco de caju refresca e é ideal para o verão. Rico em vitaminas e sais minerais, é indicado nos tratamentos de anemia, previne a catarata e ajuda a fortalecer os ossos. Em contato com o fogo, inflama-se rapidamente. Tome cuidado!"

sexta-feira, 18 de março de 2011

Coca Cola

Será que é verdade?

Os ingredientes da Coca-Cola, bebida mais famosa do mundo parecem não ser mais um “segredo de Estado”. De acordo com publicação do site “The Telegraph”, a receita criada em 1889 pelo farmacêutico John Pemberton, leva 16 ingredientes agora revelados pelo site norte-americano “This American Life”.

A descoberta teria surgido com a afirmação do site de que havia descoberto uma lista em uma fotografia de um artigo de jornal que dá os ingredientes e quantidades exatas para fazer a bebida.

Na edição do Atlanta Journal-Constitution, de 8 de fevereiro de 1979, há uma imagem de alguém segurando um livro aberto com a receita exata de Pemberton.

Nenhuma publicação foi categórica em afirmar a autenticidade do achado histórico, mas a receita supostamente contém as medidas exatas de todos os óleos e ingredientes necessários para colocar um fim ao maior segredo da marca Coca-Cola.

A RECEITA SECRETA

3 dracmas de extrato fluido de coca
3 onças de ácido cítrico
1 onça de cafeína
30 açúcar ( mas não está claro a partir das marcações que quantidade é necessária)
2,5 galões de água
2 1/4 pints de de suco de limão
1 onça de baunilha
1,5 onças de Caramelo
7 vezes de sabor (use 2 onças de sabor para cada 5 galões de xarope)
8 onças de álcool
20 gotas de óleo de laranja
30 gostas de óleo de limão
10 gotas de óleo de noz-moscada
5 gotas de coentro
10 gotas de neroli
10 gotas de canela

MEDIDAS
As unidades seguem a métrica norte-americana. Veja os valores da métrica brasileira equivalente abaixo:
Onça fluída, líquida = 28,4123 ml
Galão = 3,785 litros
Dracma = 3,552 mililitro
Pint =0,568 litro

Via Folha Online

domingo, 13 de março de 2011

Fotos Táteis

Olha que bacana! A nova tecnologia imprime as imagens em alto relevo. Inspirado por um pesquisador deficiente visual que se queixava da falta de informações gráficas, o pesquisador Baoxin Li, da Universidade do Estado do Arizona, nos Estados Unidos, iniciou seu trabalho no desenvolvimento de um programa que transforma fotografias comuns em imagens que podem ser "vistas" por deficientes visuais.

sábado, 12 de março de 2011

Ciência Maluca - Limpar a casa faz bem à vida sexual



Não é que o cheiro de água sanitária tenha um efeito afrodisíaco ou nada assim. Mas os casais que mais investem tempo nas atividades domésticas são os que fazem sexo com mais frequência. Foi o que constataram (com certa surpresa, segundo os próprios) pesquisadores das universidades de Montclair e do Arizona, nos EUA, após analisarem os hábitos de 6877 casais norte-americanos. Faria sentido pensar que o excesso de atividades cansaria a dupla e diminuiria a oportunidade para o sexo. Mas não. “Os resultados mostram que os casais que gastam mais tempo nos serviços domésticos e trabalhando fora fazem sexo com mais frequência”, diz o estudo. Segundo os pesquisadores, mulheres e homens que “work hard” também “play hard” – algo como “quem trabalha demais também se diverte demais”."

sexta-feira, 11 de março de 2011

Adidas para Android

Calma! Não é um tênis para seu celular! É um aplicativo que funciona como um Personal Trainer! Com funcionalidades como marcação de ritmo por voz, treinos personalizados, calendário e feedback. Os treinamentos específicos foram desenvolvidos em parceria com profissionais de esportes como basquete, futebol, corrida, tênis e futebol americano, além de programas de fitness. Veja mais aqui.

domingo, 6 de março de 2011

O Estranho Poder do Efeito Placebo.

Achei interessante o vídeo! Incrível o poder da nossa mente, que é capaz de produzir efeitos terapêuticos mesmo se tomarmos um medicamento sem qualquer substância curativa.

Onde eu vi

sábado, 5 de março de 2011

Tablet

Ano passado publiquei um post aqui no blog sobre a chegada do iPad da Apple aqui no Brasil. Desde o seu lançamento ele tinha se tornado um sonho de consumo. Porém na hora de decidir acabei optando pelo concorrente da Samsung. O Galaxy Tab, prá mim reúne tudo o que eu sempre quis num tablet, mas que faltava ainda no iPad. Não vou fazer longos discursos técnicos sobre as maravilhas do gadget, mas se seu objetivo assim como o meu é melhorar a portabilidade, sem as telas minúsculas dos smartphones,  essa é uma boa pedida. Eu tive a certeza de ter feito a melhor escolha. Detalhe: Uma nova versão foi anunciada na Europa em 13/02), mas deve estar disponível no mercado somente no segundo semestre (por lá).

Voltei

Na realidade, já tem uma semana que estou de volta ao mundo real, mas foram tantos os afazeres no trabalho que só agora consegui parar para escrever no blog. Senti falta de postar e confesso que tive que me conter para não quebrar o jejum (rs)! Mas foi bom!